O prefeito de Ji-Paraná, Affonso Cândido (DEM) e o secretário municipal de Educação, Marcos Pereira dos Santos, se reuniram, quarta-feira (11), com servidores da pasta para anunciar que, depois de anos de espera, será creditado integralmente no pagamento de novembro valores retroativos a processos protocolados no período de 2011 a 2020.

Os quarenta e dois servidores da Semed registraram pedidos de restituições de valores relativos a gratificações de pós-graduação, graduação, titularidade, mudança de nível e escolaridade. Affonso Cândido assumiu o cargo de prefeito em 28 de setembro deste ano. 

O montante a ser pago, somente aos servidores da Semed, soma R$ R$ 224.184,72, variando em valores individuais de pouco mais de R$ 229 a mais de R$ 41 mil. Segundo Affonso Cândido, alguns servidores aguardam o pagamento destes direitos há quase 10 anos.

A expectativa, de acordo com servidores e baseado em decisões de outros administradores municipais, era de que os valores fossem pagos em parcelas, mas por decisão do prefeito Affonso Cândido, serão quitados integralmente e devem entrar na folha do mês de novembro. 

“Não havia motivos para que os servidores demorassem tanto para receber o que lhes é direito ou que a administração municipal parcelasse os valores a perder de vista. São casos especiais e um direito de quem investiu no conhecimento e na carreira de servidor público”, reconheceu o prefeito de Ji-Paraná. 

“Notamos que os servidores estavam com os processos parados há bastante tempo. Vimos que alguns desses processos tinham valores menores, que não justificavam o parcelamento. Portanto, uma vez verificado que havia fundos para tanto, o prefeito  resolveu realizar os pagamentos, integralmente”, explicou o secretário Marcos Pereira. 

Além da Semed, foram beneficiados servidores das secretarias municipais de Saúde (Semusa) e Assistência Social (Semas). Somados, os valores a serem pagos das três pastas ultrapassam os R$ 300 mil.

Autor:

Assessoria