A Polícia Civil, através da Delegacia de Homicídios de Ji-Paraná, Unisp  de Jaru e Delegacia Regional de Jaru, deflagraram no início da manhã desta sexta-feira (12), à segunda fase da “Operação Abrindo o Jogo”, que na primeira fase prendeu três vereadores, um empresário e servidores públicos do município.

A investigação também apura a tentativa de execução do radialista Hamilton Alves, do programa Jogo Aberto, que leva o nome da operação; ele levou seis tiros no dia 19 de abril quando transitava na BR 464 retornando para Ouro Preto do Oeste, onde reside.

 

Foram cumpridos 4 mandados de busca e apreensão na prefeitura e na casa do prefeito de Governador Jorge Teixeira, além de 01 mandado de afastamento da função pública do prefeito do município de Governador Jorge Teixeira, João Alves Siqueira, o João Paciência do PDT, que ficará afastado da prefeitura por prazo indeterminado.

Os mandados foram expedidos pelo Tribunal de Justiça de Rondônia, atendendo pedido do delegado de polícia civil que preside as investigações relacionadas aos crimes de corrupção envolvendo o transporte escolar naquele município e o crime de tentativa de homicídio do radialista Hamilton Alves, ocorrido em Jaru no começo do ano. A operação contou com o apoio de policiais civis das delegacias de Mirante da Serra e Unisp de Ouro Preto do Oeste.

As informações são do Correio Central